Páginas

domingo, 31 de janeiro de 2010

O Falso Evangelho X O Evangelho Bíblico

"... formamos uma geração endurecida ao evangelho ao apresentar-lhes primeiro 'como' se salvar sem explicar 'porque' se salvar." (Paris Reidhead)

No evangelismo pessoal, eu posso entender o que a citação acima significa. O chamado "evangelho moderno" tem tomado conta da vida de cada pessoa, não só dentro das igrejas, mas também entre os ímpios.

O evangelho moderno ensina que o Senhor Jesus Cristo é um solucionador de problemas: se você quer um carro, aceite a Cristo, que ele pode te dar um; se você quer um emprego que ganhe muito mais, ele também pode te dar, se você quer ser curado aceite a Jesus.

Em resumo o evangelho moderno é o das necessidades sentidas; "tudo o que você quer Jesus pode te dar! É só você o aceita."

Com um evangelho desses, quem não quer Jesus?

Então as pessoas aceitam e vêem que há o padrão de Deus para Seus servos, e eles "quebram a cara" porque parece que alguém os enganou; e se deviam da fé [creio na perseverança de todos os santos]. Com isso, eles criam uma barreira a qualquer um que professe tal crença. Se tornam endurecidos ao verdadeiro evangelho.

O VERDADEIRO EVANGELHO declara que todos pecamos e fomos destituídos da glória de Deus (Romanos 3:23),que em pecado nos concebeu nossa mãe (Salmo 51:5), e que, por isso, a ira de Deus repousava sobre nós, não havia saída para nós, mas o próprio Deus enviou seu Filho Unigênito como homem, mas sem pecado (Hebreus 4:15), Cristo Jesus que morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras (1 Coríntios 15:3-4), e se tão somente nos arrependemos e cremos nele não pereceremos, mas ganharemos a vida eterna (João 3:16) e seremos livres da ira de Deus (1 Tessalonicenses 1:10).

Temos que parar com a mentira do evangelho moderno e voltar a pregar o evangelho bíblico!!!

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema."
- Gálatas 1:8 -


Nenhum comentário:

Postar um comentário