Páginas

sexta-feira, 15 de julho de 2011

“Evitar a tentação?”

A pergunta que me foi feita em uma conversa com alguns amigos de minha igreja. Estávamos falando sobre se santificar para Deus, permanecer em oração, e se encher da Palavra de Deus, quando um dos meus amigos disse “tá certo, mas depois de fazermos essas coisas temos que ver se estamos prontos para resistir a tentação”, ou seja, ele queria ir atrás de uma tentação para ver se conseguiria resistir. Eu disse “não! Temos que evitar a tentação”.

Esse fato, para mim, foi meio que engraçado porque pude ver que não só esse amigo, mas ainda existem pessoas que acham que podem ser “super crentes”, se colocando em risco de pecar só para comprovar que pode resistir.

Então, eu quero compartilhar as orientações sobre o assunto que deixei para meu amigo baseado no que Jesus disse:

1. Mateus 4:7 – “Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.”(ênfase minha) No deserto, quando Jesus estava sendo tentado pelo diabo ele foi bem claro sobre a vontade de Deus para nossa vida. Jesus poderia muito bem fazer o que estava sendo sugerido pelo adversário, pois ele é o Filho de Deus, mas ele sabia que se podemos evitar a tentação é para fazermos assim, não precisamos provar nada a ninguém.

2. Mateus 6:13 – “E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal”.(ênfase minha) Na oração do “Pai Nosso” o Senhor nos ensina que devemos pedir ao Pai para que não nos leve para onde haja qualquer risco de pecarmos. Então por que procurar se na verdade deveríamos estar fugindo da tentação?

3. Mateus 26:41 – “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade o espírito está pronto, mas a carne é fraca”.(ênfase minha) Outra lição importante que Jesus nos deixa. A cautela e a oração são fundamentais não só na tentação, mas com ele disse “para que não entreis em tentação.

Claro que também seremos tentados em alguma área de nossa vida e quando acontecer que possamos ficar firmes em resisti-la, mas não significa devemos sair por aí procurando por isso.

Que Deus nos ajude!

Nenhum comentário:

Postar um comentário