Páginas

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

SOBRE O QUE DEUS TEM ME ENSINADO EM 21 ANOS DE VIDA


No dia 11 de Setembro de 1992 às 16:10h, na Clínica Roumié, em Belém do Pará, Sandra Alves estava dando à luz a mim:). Hoje quero compartilhar com vocês os que Deus tem me ensinado nesses 21 anos de vida (claro que muita dessas coisas só comecei a entender após me tornar cristão aos 14, já que a experiência em si não é invalida se não tiver a Palavra de Deus como plano de fundo!).
Sim, sou muito jovem, mas tenho percebido a graça de Deus envolvendo cada aspecto de minha vida e tenho aprendido muito. Não me considero maduro nos aspectos que o mundo define como maduro, e para falar a verdade, nem desejo esse tipo de maturidade porque ela é má e pecaminosa, "Não vos moldeis aos padrões desse mundo" (Rom 12:2), já que o que me importa é o que Deus diz em Sua Palavra o que maturidade significa e como ela se parece. Não estou dizendo que sou maduro totalmente nos padrões de Deus, pelo contrário, tenho certeza que ainda estou no começo dessa caminhada de transformação e amadurecimento em Cristo Jesus, mas tenho certeza que o Senhor tem começado a boa obra em mim (Fp 1:6). Por isso quero dividir com vocês algumas dessas coisas que tenho aprendido:
1- Que sou um pecador por natureza e escolha. Que nasci corrompidamente mal por causa de Adão, e isso significa que todos os desejos do meu coração eram totalmente maus, que até o que eu pensava que era bom, na verdade era mau, porque no fundo escondia razões egoístas e não traziam glória a Deus.
2- Que a vida é curta. Que mesmo se eu chegar em uma idade avançada ela será curta comparada a eternidade.
3- Que Deus me projetou para viver eternamente. Meu modo de vida, minhas escolhas e decisões devo colocar à luz da eternidade já que a vida é curta. Isso me ajuda a ponderar mais sobre o que fiz, faço ou farei durante minha vida aqui.
4- Que Deus é a verdadeira fonte e centro de tudo que é bom. Isso é transformador, já que vivemos num mundo que tudo é bom menos Deus, onde existem muitas fontes de satisfação, que são enganosas, porque se mostram boas durante um tempo, mas que depois nos destroem.
5- Que o mundo é idiota em toda sua sabedoria e que a verdade de Deus é infinitamente mais sábia que tudo e todos. Quando fiquei mais consciente a respeito do Livro de Deus descobri quanta bobagem eu acreditava, e o quanto muitos se acham sábios por causa de sua experiência de vida e acabam sem tolos. Conhecer a Palavra de Deus tem me proporcionado uma vida de conselhos melhores (claro, sem desprezar o conselhos dos mais velhos desde que haja algum fundamento na Bíblia, já que a experiência em sim não significa nada sem alguma crença anteriormente envolvida. "Sou mais prudente que os idosos, porque guardo os teus preceitos" (Sl 119:100)
6- Que uma vida com propósito é uma vida com Deus. Já que Deus é meu Criador e sabe exatamente o que preciso para viver uma vida completa: eu preciso Dele. E é sábio viver a vida que meu Deus projetou para que eu vivesse, já que de outra forma seria como se estivesse tentando colocar um quadrado onde só encaixa um círculo. Não funcionaria. Então uma vida com propósito é viver para glória de Deus, nos padrões que Ele estipulou mesmo que isso envolva muita renúncia.
7- Que minha identidade não deve está no mundo, nem no pecado, nem no diabo, mas em Jesus. Isso significa que minha satisfação não deve se encontrar em qualquer outra coisa, mesmo que seja boa, mas unicamente no Senhor Jesus, caso contrário é idolatria. Isso é muito significativo para mim em minha luta contra o orgulho e outros pecados, de que sou não o que eles me dizem que sou, mas o que Deus diz que sou em Cristo.
8- Que uma vida de dedicação a Deus é marcada por arrependimento genuíno. Quando percebemos nosso pecado e falhas que temos diante de Deus primeiro e dos outros e não nos arrependemos é um mau sinal, talvez de um coração não regenerado, mas se o Espírito Santo nos convence de pecado e nos arrependemos abandonando o pecado e se voltando para Deus é um bom sinal: sinal de crescimento. Isso é muito válido para nos avaliarmos em nossa caminhada com Deus. O arrependimento trás consigo o querer consertar os erros cometidos, logo se alguém realmente se arrepende vai tentar reparar os erros cometidos. Que nesse aspecto me ajude dia a dia!
9- Que família é dom de Deus. E percebo o quanto devo dar valor a ela, honrando-a, sendo um canal de bençãos de Deus a ela. Oferecendo o que ela realmente precisa de mim, isto é: a semelhança de Jesus Cristo.
10- Que amigos são dons de Deus. Deus tem me ensinado a preservá-los, servindo-os e ajudando-os. Que o Senhor me ajude a cuidar e valorizar essas pessoas.
11- Que é melhor obedecer do que sacrificar. Muitas coisas eu perdi por desobedecer a Deus, e isso inclui relacionamento, amizades, etc., depois tentei reparar, mas não consegui, muitas coisas que me machucam até hoje. O melhor é sempre obedecer a vontade de Deus e evitar algumas frustrações.
12- Que devo olhar o mundo segundo Deus, não segundo o mundo. Com isso quero voltar a importância e valor das Escrituras Sagradas. Pensar desse jeito é uma luta desde que a cultura mundana insiste que andemos segundo o seu padrão, mas o Senhor Deus nos transforma e nos capacita a olhar o mundo segundo Ele. Com isso friso a necessidade do estudo das Escrituras e não seremos destruídos juntos com o mundo.
13- Que o verdadeiro sentido da humildade está em ser útil. Isso tem sido muito prático, já que para muitos ser humilde é ser omisso ou passivo. A Bíblia nos ensina que ser humilde ou ser o menor é servir os outros em amor e submissão a Deus; significa se dispor a fazer não somente esperar; é observar onde há necessidade e tentar suprir.
14- Que devo construir um legado de verdademe casar com uma linda filha de Deus para amá-la como Jesus amou a igreja e se entregou por ela, ter filhos que temam ao Senhor e que tenha filhos que amem a Jesus e que continue isso nas gerações seguintes.
15- Que porque Jesus vive eu vivo para Jesus. Todos os outros pontos poderiam ser reunidos nesse último que é: porque Jesus morreu por mim, eu morro para o mundo; e porque ele ressuscitou dos mortos, eu vivo para ele em novidade de vida. Tudo isso por causa do seu amor que nos constrange. Nossa vida pode ser mudada porque ele está vivo.
Durante esses vinte e um anos Deus te me mostrado que minha vida deve ser tudo sobre Jesus. Espero que o Senhor continue me concedendo graça todos os dias enquanto eu vive. E sou grato a Ele por mais um ano de vida e principalmente porque estou com Ele.


Soli Dei Gloria!

Por Wallace Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário